Menu de Navegação

revista

revista

Quem somos

Ilustração

A revista Segunda Pessoa (ISSN 2237-8081) foi contemplada no Edital Procultura 2010, Categoria B - Periódicos e Revistas sobre Artes Visuais (MinC/ Funarte), junto com mais seis propostas de todo o Brasil. Esta premiação garante a publicação (e distribuição nacional) de oito edições (trimestral, 32 pp, 21x28cm, papel jornal especial, 1x1 cor, 10.000 exemplares), nos anos de 2013-2014. A versão digital da revista também estará disponível na internet. De acordo com o que foi aprovado, a Segunda Pessoa tem "objetivos de publicar artigos, ensaios e imagens de autores brasileiros, com maior ênfase para análise e divulgação da produção contemporânea de artes visuais no Nordeste do país. (...) Será distribuída gratuitamente em instituições educacionais e culturais e todo seu conteúdo será disponibilizado na internet." A proposta tem como ideia principal incentivar a participação de artistas e críticos de arte da região por meio de colaborações (textos e imagens); discutir, analisar e debater a produção artístico-cultural do Nordeste e também do país; oferecer espaço para críticos de arte, pesquisadores e ensaístas da área; divulgar a produção contemporânea local em outras cidades do país; concorrer para a formação de público na área artístico-cultural; divulgar e promover o surgimento de novos valores nas artes e no jornalismo cultural; contribuir para o enriquecimento cultural da comunidade artística regional.

Apresentação

A diversidade e riqueza da produção artístico-cultural do Nordeste (em todas as áreas) sempre têm inspirado a realização de muitos eventos com a participação de artistas, intelectuais e profissionais ligados a estas manifestações da cultura (basta consultar os arquivos publicados na imprensa). No entanto, esta imprensa, principalmente a escrita, tem se limitado apenas a dar informações gerais (data, horário, número de obras ou relatos superficiais sobre shows, concertos, exposições, eventos e artistas). Infelizmente, não se chega a DISCUTIR essa produção cultural e a imprensa não consegue cumprir seu papel de formador de opinião, de crítica e análise da arte. Falta sensibilidade dos donos dos jornais e mais espaço para jornalistas da área cultural (não bastam os cadernos de cultura).

Outras edições da revista Segunda Pessoa - Pessoa da cidade João Pessoa, capital do Estado da Paraíba, da "pessoa" (humana) e de Fernando Pessoa; Segunda pessoa (você, o outro) - já conseguiram aprovação em editais de incentivo à cultura: Programa BNB de Cultura 2004 e FIC Augusto dos Anjos 2006 (Governo da Paraíba).

O projeto beneficia diretamente profissionais das artes (artistas visuais, fotógrafos, designers, videastas, cineastas etc.), na maioria, dependentes de veículos de comunicação de outras regiões (sul/sudeste) para divulgação e publicação de análises e ensaios sobre sua produção artística. Também, é mais um espaço para profissionais dedicados a escrever sobre assuntos artísticos e culturais, mas que não tem espaço para publicação de suas obras jornalísticas.

A existência de um veículo de comunicação independente abordando, principalmente, as artes visuais (plásticas, audiovisuais, design, patrimônio, moda, arquitetura, artesanato etc.), provocará uma maior democratização e discussão em torno destas mesmas atividades. Artistas e jornalistas de outras regiões também vão colaborar com textos e imagens. Como a revista será distribuída gratuitamente, vai preencher uma lacuna no meio cultural local, além de, com o número de 10.000 exemplares, atingir uma ampla divulgação nacional.

Avise-me! Seja notificado por e-mail da publicação de novas edições da revista.